Pages Navigation Menu

PESQUEIRO LAGOA DOS PATOS – A TEMPORADA CHEGOU, E OS GRANDES EXEMPLARES TAMBÉM!

PESQUEIRO LAGOA DOS PATOS – A TEMPORADA CHEGOU, E OS GRANDES EXEMPLARES TAMBÉM!

PESQUEIRO LAGOA DOS PATOS – 

A TEMPORADA CHEGOU, E OS GRANDES EXEMPLARES TAMBÉM!

 

 

Marcando o início da temporada, nós do Tambaluko Pesca Esportiva, convidados pela equipe da Revista Fishingnews, partimos rumo ao Pesqueiro Lagoa dos Patos em busca dos bons e grandes exemplares que habitam por lá!

DSCN8702

O Pesqueiro fica localizado bem próximo à São Paulo e com acesso facilitado pela rodovia dos Bandeirantes, saindo pelo km 47 via marginal Anhanguera. Outra opção é a Rodovia Anhanguera, saindo pela marginal no KM 49. O Lagoa dos Patos fica exatamente no Km 50,5 da Marginal lateral da Rodovia Anhanguera, SP- Interior.

DSCN8651

 

Estrutura:

Aberto de quarta à segunda-feira, das 07h00 às 18h00, o pesqueiro conta com uma infra-estrutura privilegiada, oferecendo muita tranqüilidade e diversão aos pescadores e familiares!  São diversos lagos onde habitam grandes exemplares e diferentes espécies de peixes. O pescador, ou visitante conta também com um atendimento diferenciado oferecido pelo Marcos, proprietário, e seus colaboradores. Possui um amplo estacionamento, piscina, lojinha de pesca, playground, restaurante e lanchonete próximas aos lagos.

 

DSCN8627

Depois dessa apresentação necessária, vamos à pescaria! Eu Frango e o Collares Tambaluko, partimos de São Paulo por volta de 07h00, rumo ao pesqueiro. Lá encontraríamos o Washington Takahashi, diretor da revista, seu filho Tavinho e o Sr. Tadao. Ao adentrar no local, fomos muito bem recepcionados pelos colaboradores e pelo Sr. Aguimar. Percebi que ele cuida da Lagoa dos Patos com muito carinho! É extremamente atencioso e procura fornecer dicas para que os pescadores tenham excelentes resultados em sua pescaria.

DSCN1860

Ressaltamos também que, os dois Allans, colaboradores do pesqueiro, prontamente nos deram dicas de como estavam as ações dos peixes e os melhores locais para nossa pescaria, ou seja, onde os exemplares estavam saindo com maior freqüência.

 

Nosso primeiro ponto para a pescaria, foi no lago situado bem na entrada do pesqueiro. Nessa matéria, daremos a ele, o nome de lago principal. Ficamos de frente à ilha e iniciamos a montagem dos equipamentos.

 

Eu Frango, comecei minha pescaria com um equipamento leve: uma vara de vinte libras com carretilha, bóia cevadeira, um metro e meio de chicote e como isca, a ração furadinha de banana e mel do nosso parceiro JR Neto Anteninhas. O Washington e o Tavinho, para começo, preferiram equipamentos Ultralight e como isca, a Massa da Boa de fundo. Já o Sr. Tadao, com bóia torpedo, dois metros de chicote e o Collares Tambaluko escolheu um equipamento muito leve, usando a famosa goiabada como isca de fundo, sem dúvidas, essa não falta em nossas pescarias!

DSCN8637

Perceba que sempre iniciamos a pescaria com técnicas e iscas diferentes. Deixo aqui como dica, pois assim temos como comparar e identificar as iscas e profundidade que trazem os melhores resultados em determinado período do dia. O primeiro a engatar o seu exemplar foi o Collares, que depois de um bom tempo de briga, devido ao equipamento leve, conseguiu retirar da água, um belo Tambacu!!! Show Pimpão…….rsss.

A Massa da Boa, anunciante da Revista Fishingnews, também vem trazendo excelentes resultados em nossas pescarias! Adquira as suas, nós recomendamos!!

DSCN8616

Na sequência fui chamado pelo Allan, colaborador, pois ao lado oposto do lago, o Cidão havia fisgado uma bela Pincachara, utilizando salsicha como isca. Claro, corri até o local para registrar o momento. Parabéns Cidão! Como percebi que as ações eram constantes, decidi deixar com os colaboradores uma máquina fotográfica, pois desta forma, poderiam nos ajudar a registrar a maioria dos exemplares fisgados, já que rodeavam o lago com freqüência.

CIMG2491 CIMG2493 CIMG2499 CIMG2505 DSCN8647

 

Por volta de 11h00, chegou mais um integrante da nossa equipe, o Salim Tambaluko. Em seguida, para completar o time, chegou o Vitor Seiji, responsável pelo CONAPESCA.

DSCN1871 DSCN1862

Então, decidimos que cada um ficaria em um ponto do lago, no intuito de buscarmos mais ações. O Washington, o Collares e o Tadao, ficaram no mesmo local, em frente à ilha, eu e o Tavinho fomos para o meio do lago e o Salim para o canto oposto. De repente, enquanto eu arremessava, sem que eu pudesse impedir, minha outra vara e carretilha que estavam atrás de mim “correram” para água, “sem a menor discrição”! He he… isso acontece, né?? Prontamente dois garotos que estavam ao meu lado, o Kelvin e o Gabriel, armaram seus equipamentos de fundo para me ajudar a localizar e recuperar minha carretilha. Após algum tempo, para minha alegria, o Kelvin conseguiu resgatar meu equipamento. Ufa! Que bom!! Foi aí que fizemos amizade e passamos o restante do dia pescando juntos.

CIMG2506 CIMG2513

Definitivamente, o lago estava para peixes!  Depois de muitos exemplares fisgados, decidimos dar uma pausa para o almoço. No restaurante amplo e bem jeitoso, você poderá escolher em saborear diversas porções ou lanches. Durante a semana são servidos pratos A La Carte e aos finais de semana, self-service com música ao vivo. Muitos moradores locais, deslocam-se ao pesqueiro, nos finais de semana,  apenas para almoçar e curtir momentos com a família.

DSCN8661 DSCN8695

No período da tarde resolvemos mudar de estratégia, para mostrarmos aos leitores, todas as opções do pesqueiro. O Kelvin, o Gabriel, o Tavinho, o Tadao e eu Frango, fomos pescar no lago de cima, pois ficamos sabendo que as ações dos peixes também eram constantes por lá. Enquanto isso, o Washington, o Collares, o Vitor e o Salim continuaram no lago principal, só que dessa vez, no canto oposto à ilha, muito próximo a outra margem do lago.

Aí, literalmente, o bicho pegou!!! rssss……. Enquanto registrávamos todos os peixes fisgados no lago de cima, os demais integrantes da nossa equipe faziam a festa no lago principal! Era um exemplar atrás do outro! Usando como iscas, a ração na pinga e as furadinhas, com chicotes de 80 cm, os resultados foram excelentes!! (você encontra essas rações à venda, no próprio pesqueiro)

DSCN1866 DSCN1874 DSCN1876 DSCN8705

Nesse dia, também estava presente o pessoal da equipe Há Moleque, grandes parceiros do Pesqueiro Lagoa dos Patos. A equipe foi representada pelo Hugo e seu irmão Guilherme que também engataram bons Tambas! O sistema usado foi, bóia cevadeira, chicote de 02 metros, bóia lambari a um palmo do anzol e miçanga como isca. Valeu Hugo e Guilherme! Foi show…..

 

Enquanto eu registrava o peixe do Hugo, minha bóia afundou e o Tavinho travou uma bela briga com um grande Tambacu. Para não estressar o peixe, decidimos não pesar e tirar rapidamente a foto antes de devolvê-lo a água. Mas com certeza passava de dezesseis quilos! Ao meu lado, lá estava o Kelvin com outro exemplar, um dublê de peso, galera!! rsss……..

CIMG2494 CIMG2522 DSCN8722

 

No final da tarde, sem cerimônia, os peixes começaram a subir e comer demais a ração! Foi então, que as anteninhas do nosso parceiro JR Neto entraram em ação. Ao perceber os estouros na superfície, decidi distribuir algumas iscas de brinde aos pescadores que estavam ao nosso lado e todas, sem exceção, não negaram fogo, como sempre acontece! Na anteninha Tambaluko, o Kelvin fisgou diversos exemplares, eu com a Gasparzinho, também fisguei, na Jurássica foi a vez do Gabriel e na Anteninha Fishingnews um amigo pescador que estava ao nosso lado. E assim foi, um festival de exemplares em um único dia, a cada arremesso um novo ataque, uma nova emoção e peixe na linha! Essas iscas você encontra nas melhores lojas do ramo e em nosso site www.tambaluko.com.br.

DSCN8738 DSCN8745

Enquanto isso, no lago principal não foi diferente, os demais integrantes da nossa equipe também fisgavam muitos exemplares. Foram Tambas, Cabeçudas, Pincacharas e etc… Muitos peixes fisgados na Lagoa dos Patos, para a alegria de todos!

DSCN1870

Outro fator que gostaria de ressaltar para finalizar essa reportagem e que me chamou muito a atenção, foi ter a satisfação de ver linhas sendo cruzadas ou estourando, bóias enroscando e mesmo assim, o respeito prevalecendo entre os pescadores. Todos faziam sua pescaria com alegria, independente de terem suas linhas cruzadas ou enroscadas e todos fisgavam seus exemplares. Em meio a tudo isso, fiquei muito feliz em não presenciar nenhuma discussão entre os pescadores. Parabéns galera!!! Isso é a essência da nossa pescaria. Com diversão, alegria, humildade e principalmente respeito com os companheiros na beira do lago, chegaremos lá…

DSCN8708

No final do dia, ainda consegui fisgar mais um belo redondo na anteninha Gasparzinho. O ataque foi fantástico e a briga emocionante! Muitas fotos foram registradas, mas infelizmente não temos o nome de todos os pescadores. Agradecemos a cada um, sem exceção, pela participação e colaboração com a nossa matéria.

DSCN8761

Com sucesso total e muita alegria, encerramos mais essa pescaria. Sentimo-nos honrados e agradecidos por passar excelentes momentos nesse lindo local e pela farta pescaria nesse dia único!

Não podemos deixar de agradecer ao proprietário Marcos, ao Sr. Aguimar pela recepção, aos garotos prestativos que atendem no lago, o Allan Silva e o Allan Guilherme, e também aos outros colaboradores, que dedicaram seu tempo para nos atender com muita cordialidade.

DSCN8715

Pesqueiro Lagoa dos Patos

Rodovia Anhanguera, Km 50,5 – sentido Interior – Jundiaí – SP

contato: (11) 4537-1198

E:mail: contato@pesqueirolagoadospatos.com.br

Informações adicionais: www.pesqueirolagoadospatos.com.br

 

Até a próxima edição!

 

Logo Tambaluko

Texto: Frango – Tambaluko Pesca Esportiva

Revisão de textos: Edna Felix Azambuja.

site: www.tambaluko.com.br

e-mail: tambaluko@gmail.com

canal do youtube: http://www.youtube.com/user/tambaluko